Implicações da Didática Profissional para a Formação do Professor de Matemática

Palavras-chave: Didática Profissional, Didática da Matemática, Formação Docente

Resumo

Este artigo tem o objetivo de verificar as relações entre a Didática Profissional e a Didática da Matemática, de modo a identificar possíveis contribuições para a formação de matemática, tendo como suporte teórico estudos sobre a Teoria dos Campos Conceituais, Transposição Didática e Situações Didáticas. Desse modo, foi realizada uma revisão bibliográfica, no intuito de relacionar os principais conceitos de cada teoria à atuação do professor de matemática em sala de aula e à didática profissional. Dessa forma, o presente trabalho aponta suportes qualitativos significantes como fornecer meios que proporcionem a compreensão da evolução do trabalho, por meio da aquisição de competências profissionais e situações didáticas profissionais, observação da regularidade das atividades dos alunos, troca de informações pragmáticas entre colegas de trabalho, compreensão da profundidade da natureza do erro, suas possíveis causas e mecanismos de operações, distinção dos termos saber e conhecimento matemático e, da perspectiva da formação continuada de professores iniciais, da transmissão da condição do conhecimento pragmático e epistêmico, possibilitando assim, desenvolver investigações com o aporte da Didática Profissional para a compreensão e o desenvolvimento de pesquisas, a partir da atividade do professor de matemática, que favoreçam uma modificação de postura-metodológica, constituindo assim uma mudança de atitude na ação de ensinar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosalide Carvalho de Sousa, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE
Sou graduada em Ciências Habilitação em Matemática pela Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA. Pós-Graduada em Metodologia do Ensino Fundamental e Médio, pela mesma Universidade. Sou professora efetiva do Secretaria de Educação do Estado do Ceará - SEDUC. Mestranda em Ensino de Ciências e Matemática pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará - IFCE.
Francisco Régis Vieira Alves, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE
Possui graduação em Bacharelado em Matemática pela Universidade Federal do Ceará (1998), graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal do Ceará (1997), mestrado em Matemática Pura pela Universidade Federal do Ceará (2001) e mestrado em Educação, com ênfase em Educação Matemática, pela Universidade Federal do Ceará (2002). Doutorado com ênfase no ensino de Matemática (UFC - 2011). Atualmente é professor do Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará, do curso de Licenciatura em Matemática. Coordenador do Programa de Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática - PGECM - IFCE.
Francisca Cláudia Fernandes Fontenele, Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA
Licenciada em Matemática pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), possui especialização em Ensino de Matemática pela UVA, Mestrado e Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Atualmente é professora assistente da Universidade Estadual Vale do Acaraú. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Educação Matemática, atuando especificamente no campo da Didática da Matemática, Metodologias de Ensino, Teorias de Aprendizagem e História da Educação Matemática no Brasil.

Referências

ACIOLY-RÉGNIER, N. M.; MONIN, N. Da teoria dos campos conceituais à didática profissional para formação de professores: contribuição da psicologia e da sociologia para a análise de práticas pedagógicas. Educação Unisinos, v. 13, n. 1, p. 5-16, 2009.

ALVES, F. R. V. Didática da Matemática: seus pressupostos de ordem epistemológica e cognitiva. Interfaces da Educação, v. 7, n. 21, p. 131-150, 2016.

ALVES, F. R. V. Didática das ciências e matemática (DCEM): surgimento e implicações para a formação do professor. Investigações em Ensino de Ciências, v. 22, n. 3, p. 291-320, 2017.

ALVES, F. R. V. The professional didactics (pd) and didactics of sciences (ds) in Brazil: some implications for the professionalization of the Science teacher. Acta Didactica Naposcencia, v. 11, n. 2, p. 105-120, 2018a.

ALVES, F. R. V. Didactique professionelle (DP) et la théorie des situations didactiques (TSD): le cas de la notion d’obstacle et l’activité de professeur. Revista de Educação Matemática e Tecnológica Iberoamericana, v. 9, n. 3, p. 1-26, 2018b.

ALVES, F. R. V. Didactique professionnelle (DP) et théorie des situations didactiques (TSD): une perspective de complementarité au Brésil. Diálogo Educacional, v. 18, n. 59, 1-25, 2018c.

ALVES, F. R. V. Didactique professionnelles (DP): une perspective d’application au travail du professor de mathématiques. REVEMAT, v. 13, n. 2, p. 184-209, 2018d.

ALVES, F. R. V. A vertente francesa de estudos da didática profissional: implicações para a atividade do professor de matemática. Vidya, v. 39, n. 1, p. 255-275, 2019.

ALVES, F. R. V.; CATARINO, P. M. C. Situação didática profissional: um exemplo de aplicação da didática profissional para a pesquisa objetivando a atividade do professor de matemática no Brasil. Indagatio Didactica, v. 11, n. 1, p. 103-129, 2019.

ALVES, F. R. V.; JUCÁ, S. C. S. Trabalho e competência do professor de matemática: um ponto de vista a partir da didática profissional. Revista Multidisciplinar em Educação, v. 6, n. 14, p. 103-123, 2019.

ANDRADE, P. V. C. C.; ACIOLY-RÉGNIER, N. M. Utilização de um dispositivo pedagógico tecnológico híbrido na formação de professores na França. Educação Unisinos, v. 20, n. 1, p. 117-128, 2016.

ANTIPOFF, R. B. F.; LIMA, F. De P. A. Didática profissional e teoria em curso de ação: diferentes contribuições para a formação profissional. Revista de Associação Brasileira de Ergonomia, v. 12, n. 2, p. 54-61, 2016.

ARTIGUE, M. Engenharia Didática. In: BRUM, J. (Org.). Didática das matemáticas. Trad. Maria José Figueiredo. Lisboa: Instituto Piaget, 1996, p. 193-217.

AZEVEDO, I. F. De,; ALVES, F. R. V.; OLIVEIRA, J. C. De. OBMP e Teoria das Situações Didáticas: uma proposta para o professor de matemática. Educação Matemática em Revista, v. 2, n. 19, p. 82-92, 2018.

BARBOSA, G. S. Teoria das situações didáticas e suas influências na sala de aula. In: VI ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. 6. 2016, São Paulo. Anais (on-line). São Paulo: SBEM, 2016. Disponível em: <http://www.sbembrasil.org.br/enem2016/anai/pdf/7303_4383_ID.pdf>. Acesso em: 01 de jan. 2019.

BIZARRO, A. M. S. O significado da didática na formação profissional docente: um olhar a partir da prática do professor de ensino superior. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Pernambuco. Recife, 2005, 156p.

BRANDEMBERG, J. C. O saber e a transposição didática na atividade do professor de matemática. Revista Margens Interdisciplinar, v. 5. n. 6, p. 323-334, 2009.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, v. 134, n. 248, 23 dez. 1996. Seção 1, p. 27834-27841.

BROUSSEAU, G. A etnomatemática e a teoria das situações didáticas. Educação Matemática Pesquisa, v. 8, n. 2, p. 267-281, 2006.

BROUSSEAU, G. Introdução ao estudo da teoria das situações didáticas: conteúdos e métodos de ensino. Trad. Camila Bogéa. São Paulo: Ática, 2008.

CARVALHO JÚNIOR, G. D. De.; AGUIAR JÚNIOR, O. Os campos conceituais de Vergnaud como ferramenta para o planejamento didático. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 25, n. 2, p. 207-227, 2005.

CHEVALLARD, Y. La transposición didáctica: del saber sábio al saber enseñado. Trad. Cláudia Gilman. Buenos Aires: Aique, 1998.

D’AMBRÓSIO, U. Educação Matemática: da teoria à prática. Campinas: Papirus, 1996

FERREIRA, M. V. V.; FERREIRA, A. T.; SOUZA, M. A. V. F. Teoria das situações didáticas e seus elementos para o ensino de física e matemática. In: VII ENCONTRO CIENTÍFICO DE FÍSICA APLICADA. 7. 2016, São Paulo. Anais...São Paulo, 2016.

FRANCHI, A. Considerações sobre a teoria dos campos conceituais. In: MACHADO, S. D. A. et al. (Orgs.). Educação matemática: uma introdução. São Paulo: EDUC, 1999, p. 155-195.

FREITAS, J. L. M. De. Situações didáticas. In: MACHADO, S. D. A. et al. (Orgs.). Educação matemática: uma introdução. São Paulo: EDUC, 1999, p. 65-87.

GRUBER, C.; ALLAIN, O.; WOLLINGER, P. R. Contribuições da didática profissional francesa para a educação profissional. In: V SEMINÁRIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA. 5. 2017, Belo Horizonte. Anais...Belo Horizonte: SENEPT, 2017. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/317167758_Contribuicoes_da_Didatica_Profissional_Francesa_para_a_Educacao_Profissional>. Acesso em: 04 de dez 2018.

JARDIM, L. De. M.; CAMARGO, S.; ZIMER, T. T. B. Transposição didática no ensino de ciências: diferentes olhares. In: XII CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. 12, 2015, Curitiba. Anais... Curitiba: EDUCERE, 2015. Disponível em: <https://educere.pucpr.br/>. Acesso em: 10 dez. 2018.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. De. A. Fundamentos de metodologia científica. 4 ed. São Paulo: Atlas, 1992.

MACHADO, S. D. A. Engenharia Didática. In: MACHADO, S. D. A. et al. (Orgs.). Educação matemática: uma introdução. São Paulo: EDUC, 1999. p. 197-208.

MAGINA, S.; CAMPOS, T. M. M.; NUNES, T.; GITIRANA, V. Repensando adição, subtração: contribuições da teoria dos campos conceituais. 1 ed. São Paulo: PROEM, 2001.

MATOS FILHO, M. A. S. De.; MENEZES, J. E.; SILVA, R. De. S. Da.; QUEIROZ, S. M. A transposição Didática em sala de aula. VIII CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. 8. 2008, Curitiba. Anais...Curitiba: EDUCERE, 2008. Disponível em: < https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2008/431_246.pdf>. Acesso em: 14 de nov. 2018.

MORAES, M. C. O paradigma educacional emergente. Campinas: Papirus, 1997.

MOREIRA, M. A. A teoria dos campos conceituais de Vergnaud, o ensino de ciências e a pesquisa nesta área. Investigação em Ensino de Ciências, v. 7, n. 1, p. 7-29, 2002.

NÓVOA, A. Antônio Nóvoa: “professor se forma na escola”. Nova Escola, São Paulo, n. 142, p. 1-7, mai. 2001. Entrevista concedida a Paola Gentile. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/179/entrevista-formacao-antonio-novoa>. Acesso em: 02 mar. 2019.

PAIS, L. C. Transposição didática. In: MACHADO, S. D. A. et al. (Orgs.). Educação matemática: uma introdução. São Paulo: EDUC, 1999. p. 13-41.

PAIS, L. C. Didática da matemática: uma análise da influência francesa. 3 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

PASTRÉ, P. A análise do trabalho em didática profissional. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasilia, v. 98, n. 250, p. 624-637, 2017.

PASTRÉ, P.; MAYEN, P.; VERGNAUD, G. La didactique professionelle. Revue Française de Pédagogie, Lyon, v. 157, n. 154, p. 145-198, 2006.

PEREIRA, R. C.; PAIVA, M. A. V.; FREITAS, R. C. De. A transposição didática na perspectiva do saber e da formação do professor de matemática. Educação Matemática Pesquisa, São Paulo, v. 20, n. 1, p. 41-60, 2018.

PIZZANI, L.; SILVA, R. C. Da.; BELLO, S. F.; HAYASHI, M. C. I. A arte de pesquisa bibliográfica na busca do conhecimento. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciências da Informação. Campinas, v. 10, n. 1, p. 53-66, 2012.

SILVA, N. A. Da.; FERREIRA, M. V. V.; TOZETTI, K. D. Um estudo sobre a Situação Didática de Guy Brousseau. In: XII CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. 12, 2015, Curitiba. Anais... Curitiba: EDUCERE, 2015. Disponível em: <https://educere.pucpr.br/>. Acesso em: 10 dez. 2018.

SULEIMAN, A. R. Introdução ao estudo das Situações Didáticas: conteúdos e métodos de ensino. Educação: Teoria e Prática, Rio Claro, v. 25, n. 48, p. 200-206, 2015.

TEIXEIRA, P. J. M.; PASSOS, C. C. M. Um pouco da teoria das situações didáticas (tsd) de Guy Brousseau. Zetetiké. Campinas, v. 21, n. 39, p. 155-168, 2013.

VERGNAUD, G. Psicologia do desenvolvimento cognitivo e didática das matemáticas. Um exemplo: as estruturas aditivas. Análise Psicológica, v. 1, p. 75-90, 1986.

VERGNAUD, G. La teorie des champs conceptual. Recherches em Didactique de Mathématiques, Notre-Dame, v. 10, n. 23, 1990.

Publicado
2020-02-01
Como Citar
Carvalho de Sousa, R., Vieira Alves, F. R., & Fernandes Fontenele, F. C. (2020). Implicações da Didática Profissional para a Formação do Professor de Matemática. Revista De Educação Matemática, 17, e020004. https://doi.org/10.37001/remat25269062v17id303
Seção
Artigos Científicos